domingo, 17 de abril de 2011

Mozart l`Opera Rock - o musical

Finalmente pude assistir o DVD do musical francês Mozart l`Opera Rock, lançado em 2009, o que eu aguardava há meses. Baixei pelo torrent neste link . Não tem legendas então fii, tem de sacar francês mesmo.

O espetáculo
No geral é um espetáculo muito dinâmico e fluído. Não é um musical só cantado como Notre Dame de Paris, há falas inseridas. As músicas são ótimas, mas deixam a desejar no contexto. A impressão que dá é que as letras foram feitas antes do roteiro e do texto final, pois elas parecem deslocadas.

Wolfgang Amadeus Mozart, pour vous servir
Essa é a primeira fala do personagem principal (reproduzida na foto ao lado), quebrando habilmente uma cena dramática. Mas a quebra bem feita não foi repetida em Tatoue moi.

O single principal do espetáculo é uma letra cômica e picante e ficou situada entre duas cenas dramáticas, sendo que a própria cena em que Mikelêngelo Loconte (Mozart) atua cantando, tem ares de drama e pouquíssima insinuação de comicidade (foto seguinte). O fundo e a forma ficaram evidentemente contrastantes. 

Outra canção deslocada é Bim Bam Boum de Melissa Mars, que interpreta Aloisia Weber, o primeiro amor de Mozart. Pela letra o personagem é um, pelo desenrolar das cenas, é outro. Aliás, fraquinha a srta. Mars, tanto na voz, quanto na cena.

Si je déffaille
Chega a destoar da atuação de Claire Perot, que interpretou Constanze Weber, a esposa de Mozart, na primeira temporada do musical. Ela possui ótima qualidade cênica e vocal, para mim o destaque do espetáculo.(Claire e Melissa contracenam na foto ao lado)

No segundo ato, o personagem de Florent Mothe, Antonio Salieri, praticamente entra mudo e sai calado das cenas e só mostra alguma densidade nas canções. Isso desequilibra o personagem dele, já que ele é o que se considera o rival de Mozart.

Faltou dar mais espaço ao personagem no roteiro, ele ficou espremido entre as três canções que atua solo e só a partir delas vemos alguma dica de quem é Antonio Salieri. A impressão que tive foi de que algo foi cortado antes de Le Bien qui fait mal (foto ao lado), e fez falta.

Quanto a Mikelangelo Loconte, o próprio Mozart, eu entendi porque a crítica caiu em cima dele, dizendo que era um "Mozart que gesticula". Falta densidade na interpretação. Sabem aquela atriz que fez Crepúsculo, Kristen Stewart? Ela faz a mesma cara em todas as cenas, todos os filmes. Loconte é dessa linha.


Mas uma coisa gosto em Loconte. Ele é original e carismático. Entendo que os diretores o escolheram para o papel por isso. Gosto da cena em Le troublion (ao lado) e da energia dele no palco.


Dos outros tres membros da troupe, Solal, que interpreta o pai de Mozart, tem uma voz firme e bem talhada para o papel que ele cumpre bem. A irmã de Mozart, Nannerl, papel de Maeva Méline, também cumpre bem e sua canção solo, Dors Mon Ange (ao lado), é emocionante.

E por fim, Merwan Rim, que primeiro aparece cantando La chanson de l'aubergiste e depois vira o Clown, um papel abstrato e tragicômico que aterroriza os pesadelos de Mozart (foto ao lado, abaixo). Merwan também se destaca nas cenas.

O restante do elenco, dançarinos, músicos, atores, são todos muito equilibrados. Os cenários, em geral, são grandiosos e bem montados, mas não gostei da casa dos Weber, destoou pelo minimalismo. O figurino é incrível, completamente dentro da proposta de Mozart (1756-1791), ícone do comportamento rock. O figurino mescla a moda do século XVIII com figurinos de rock e produções muito modernas, extravagantes e ousadas. Gostei, deu tom e consistência aos personagens e influiu muito na composição.

Quanto à montagem do DVD, achei que, em certos momentos, o corte de cenas é desastroso e cruel com alguns atores, pois corta momentos muito bons da interpretação para outra cena à distância ou um ângulo nada a ver.

Mas, é bom e eu gosto
Os musicais franceses são assim, diferentes da Broadway (ainda bem!), únicos e muito bem montados, com estratégias de marketing que deixa qualquer produção cultural do Brasil no chinelo (ou abaixo dele). E também adorei a mistura de erudito com rock num musical. Original, vibrante e mostra bem o que a arte deve ser, um território sem fronteiras, nem rótulos.

Enfim, vale conferir e vale curtir. J`aime!

6 comentários:

Bad disse...

você poderia postar o dvd no megaupload, 4shared, mediafire ou algum outro servidor, por favor? não consigo baixar torrent... obrigada!

Anônimo disse...

tem um musical que é um show, foi o melhor que já assistir, tambem é francês, "Le Roi soleil" recomendo que assistam.

Anônimo disse...

adoro Mozart L'opera Rock...é ótimo mesmo...queria muito assistir ao dvd...mas detesto torrent...gostei da crítica já que não faço a mínima idéia do que dizem!!!

HïöZ~°~HöxX disse...

Eu baixei o torrent,mas não manjo nada de francês!daí tentei baixar uma legenda mas só encontra em sites pagos,então gostaria de saber se alguém sabe onde posso encontrar a legenda...Eu agradeço!

HïöZ~°~HöxX disse...

Oi...baixei o arquivo pelo torrent,mas não consegui encontrar a legenda...não manjo nada de francês,então gostaria de saber se alguém sabe onde posso encontar...fico muito grata!

JKishin disse...

Oi RöcK'n RïöS! Infelizmente eu não posso te indicar onde conseguir as legendas. Na verdade eu nem cheguei a procurar porque queria treinar o ouvido para o francês. Minha irmã tb não sabia nada de francês mas conseguiu entender a partir da tradução das letras das músicas. Ficadica!