quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Baleias free!

Esse não é um post sobre pessoas obesas que gostam de comer sem culpa (Droga! Acabei de me lembrar daquela música horrenda de Roberto Carlos sobre as 'gordinhas', ARRRGHHHH!). É sobre o fim da caça das baleias na Antártica.

Ok, ok, a decisão do governo japonês (leia tudo aqui no EcoAtitude) é temporária, mas gente! Sabe quem não arredou o pé da Antártida todo esse tempo correndo atrás dos caçadores de baleias? Ora, não foi o Greenpeace. Foi o Sea Shepherd, a Ong mais ativista do mundo.

Daí os céticos e bundões dizem: Ora, mas a decisão foi do governo porque as autoridades japonesas são éticas e blábláblá. Uma ova! A ética deles foi aprendida no mercado financeiro. Eles suspenderam a caça porque estavam tomando prejuízo do brabo.

Uma das melhores táticas de guerrilha do Sea Shepherd: Ao invés de sacudir faixas e cartazes pacíficos, cause MUITO prejuízo ao seu inimigo.

É por isso que acusam o Sea Shepherd de terroristas. Colocaram a Ong numa lista ao lado de grupos como ETA, Al Qaeda, IRA. Mas o Sea Shepherd nunca provocou a morte de ninguém, nem trabalha com explosivos, nem atentados, apenas age com o que tem da forma que precisar.

E isso bota medo nos bundões regidos pela ética do mercado financeiro.

2 comentários:

Lila disse...

Perfeito, JKishin! Basta que as ações deem resultado – prejuízo ao inimigo, como você escreveu –, pra que seja classificado de criminoso fora da lei. Pior: tem quem acredite na classificação!

O Eco do Sistema disse...

eita! gosto muito do jeito que você escreve. Estou retomando as atividades no blog após um período de várias mudanças aqui na França. Mas estou ligado nos seus textos e curto a firmeza que coloca em sua escrita.

Abraço.

Daniel Leite