segunda-feira, 15 de junho de 2009

Influenza en Chile

O vírus AH1N1, famoso pelo nome de Gripe Suína, ou Porcina, como dizem em castellano, afetou muito o Chile, são oficialmente 2.335 casos e segundo o La Segunda, esse número é só uma estimativa, longe de ser real. Assim que, o número de infectados pode superar os 50 mil.

Veja o multimídia AH1N1: La pandemia del siglo XXI, preparado pelo La Tercera online. Na verdade é um videozinho em flash, não chega a ser multimídia. Seria esperar demais de um jornal chileno.

Segundo declaração do médico do Comitê Assessor do Ministério de Saúde, Miguel O’Ryan, para o La Segunda, “Se pode esperar 10 pessoas infectadas por cada uma notificada, mas também podiam ser 20".

Bem, assim se vê que números são números e não servem prá muita coisa além de assustar e provocar uma neurose coletiva. E na verdade, a gripe é só a versão 2009 da gripe, como acontece todos os anos. Que o diga o Jaime, administrador do El Punto, que está paranóico. Qualquer tossezinha que ele escuta, já pergunta se não é a porcina.

Hoje fui ao Centro de Salud da Usach, porque ontem acordei muito mal, com sintomas de gripe e como raramente fico doente e somado isso ao tradicional mal humor de segunda-feira, passei o dia com uma nuvem negra sobre a cabeça. Nessas horas, a saudade de casa aumenta muito, o chazinho da mãe, minha caminha, o carinho do namorado, tudo faz muita falta. Em tempo: Não é a porcina.

Peguei atestado até quinta, quer dizer que não preciso ir às aulas. Aqui todos pegam atestado prá tudo. Em só um dia vi dois avisos de professores que não dariam aulas porque estavam de atestado. De um deles tirei a foto ao lado.

Um comentário:

Bianca disse...

Hola
Estoy buscando relatos da gripe influenza em Chile, pois sou brasileña e chego em Chile em 13/07

Me gusta saber se lo sistema de saude chileno es gratuito e caso um estrangero apresente sintomas que órgão ele deve recorrer?

Gracias