quarta-feira, 18 de março de 2009

Primeiro dia de almoço no Casino

Hoje fomos almoçar no Casino, que aqui não é o lugar onde se joga, mas onde se come, hehe. Mas, só na Usach o Restaurante Universitário tem esse nome. A comida não é ruim: pão, salada, pão, frango, pão e gelatina. Tirando o que não faz parte da minha dieta vegetariana, o que sobra é praticamente... pão. O ruim é que é bem aquele pão pesado que não me faz muito bem. Mas aí a salada quebra o galho.

Hoje pela primeira vez senti vontade de estar em casa, coloquei música brasileira no mp3 e saí cantando alto na rua. Ninguém me conhece mesmo. Cheguei atrasada na aula da tarde porque confundi os horários que são bem diferentes do Brasil. As matérias são ótimas, a responsável pelos intercambistas aqui é super prestativa e agilizada, ela resolve todos os problemas.

A Usach está em plena recepção aos `cachorros`, que é como chamam os calouros aqui. Eles rasgam a roupa deles, preparam uma piscininha de peixe podre com vinagre, ovo podre, tinta e farinha no qual todos tem que entrar e os fazem beijar uma cabeça de porco(!) e um polvo. E eles transitam pelas ruas próximas sem calçados, só de meias, com as roupas rasgadas e fedendo a tudo isso para pedir dinheiro. Acho que as pessoas dão só prá se verem livres do cheiro que é horrível! Logo que der posto uma foto pra vocês verem o estado em que os deixam. Sei que no Brasil estamos bem de trote.

2 comentários:

ju geo disse...

fiquei muito curiosa para ver o seu estado, jurubeba!! auheuaheaeu
bjos
tudebão ai!!

JKishin disse...

Nam Ju! Eu to tranquila!!! Dá dó é dos cachorros mesmo passando por aí com aquele fedor nauseabundo. Eca!! Bjãooo guria!!!